Espelhos planos? Saiba o que são e a importância para a física!

por iw_azeheb 25 jan

Na física um espelho pode representar enigmas muito mais desafiadores do que descobrir de quem é o rosto refletido. E talvez seja por esse motivo que estudar ou apenas possuir conhecimento nessa área seja tão interessante e disruptivo.

O que são espelhos planos?

Os espelhos planos podem ser definidos como estruturas cuja superfície é plana e polida, podendo-se refletir formas. No caso das estruturas planas, como o nome já diz, apresentam características planas em sua superfície.

Mas muito além dessa característica, questionar “o que são espelhos planos” abre um leque de possibilidades e experimentos. Uma delas é entender que esse modelo de espelho propõe uma simetria entre o objeto real e o objeto refletido.

E isso é simples de ser explicado, uma vez que a construção da imagem nos espelhos planos apresenta-se em lados opostos. Isto posto, é possível definir como sendo um real e outro um reflexo. Dessa forma, para estabelecer o ponto de simetria, basta traçar uma reta do objeto real até seu reflexo.

Espelhos planos características principais:

* Toda a imagem que aparece refletida em um espelho plano possui o mesmo tamanho do objeto real;

* Todo e qualquer objeto refletido corresponde a uma imagem;

* Um objeto refletido não se sobrepõe a outro;

* Quando um objeto é refletido, acontece reversão da imagem. Dessa forma, ele inverte a posição da esquerda para a direita (vice e versa), mas nunca de cima para baixo;

* Existe simetria entre a distância do objeto ao espelho, assim como entre a imagem e o espelho;

Associação de espelhos planos

Os espelhos planos possuem diversas características interessantes que possibilitam diversos experimentos passiveis de realização em casa. Uma delas, está relacionada com a associação de espelhos planos.

Esse é um termo utilizado na física para definir a multiplicação de imagens realizadas através de espelhos. Essa multiplicação acontece quando colocamos um ou mais espelhos lado a lado. Dessa forma, as imagens começam a se multiplicar formando um ângulo (α), na medida que o ângulo (α) diminui, aumenta-se a quantidade de imagens.

Como sabemos a física está sempre junto com a matemática. Neste sentido, é possível através de um cálculo, descobrir a quantidade de imagens fornecidas pelos espelhos que forma o ângulo. Confira a fórmula:

Espelhos planos x espelhos esféricos

Ao falar sobre o que são espelhos planos é impossível deixar de citar suas diferenças em relação ao espelhos esféricos. Assim como o nome sugere, os espelhos esféricos possuem superfície mais arredondada com alto poder de reflexão. Elas apresentam-se como esferas ou semiesferas lisas e polidas onde os ângulos proporcionam incidência e reflexão equivalentes. Os espelhos esféricos podem ser classificados em dois:

* Espelhos côncavos: Esse modelo de espelho é caracterizado como parte de qualquer vértice esférico interno cuja superfície possua a habilidade de reflexão.

* Espelhos convexos: Já os espelhos convexos podem se definidos como justamente o contrário. Dessa forma, ele representa a superfície externa de qualquer vértice com habilidade de reflexão.

Deixe seu comentário :

Deixe um comentário