Conheça o Cientistas criam o menor robô médico do mundo

por iw_azeheb 26 out

Qualquer avanço na medicina é razão para boas comemorações. A cada ano novas tecnologias e tratamentos são incrementados no mercado e tudo isso colabora com a nossa saúde. A nanotecnologia está cada vez mais focada na medicina e as pesquisas não pararam de progredir.

A linha de pesquisa é revolucionária e pode auxiliar no tratamento de diversas doenças, como é o caso do menor robô médico do mundo.

Qual é menor robô médico do mundo?

O menor robô médico do mundo, que ainda não tem nome defino, conta com apenas 12 nanômetros (10-9 m). O desenvolvedor dessa nova e revolucionária tecnologia foi a engenheira elétrica Soutik Betal, em San Antonio pela Universidade do Texas.

A pesquisa e o desenvolvimento foram elaborados pela linha de pesquisa de seu Doutorado, sob orientação dos professores Ruyan Guo e Amar S. Bhalla (ambos do departamento de Engenharia Elétrica e Computação).

O título lhe foi cedido pelo famoso livro Guinness Records, como o menor robô médico do mundo.

O mais chocante de tudo isso é que o robô é tão pequeno que seque pode ser visto a olho nu, de tão pequeno!

Como funciona o menor robô médico do mundo?

Os cientistas que criaram o menor robô médico do mundo explicaram, de maneira simplificada, como isso aconteceu.

Segundo o professor Ruyan Guo, o desenvolvimento do robô foi feito com nanocompósitos de dois materiais distintos. Do tipo óxido multifuncionais, que possuem características magnéticas, conseguindo ser controlados por um campo eletromagnético.

O menor robô médico do mundo é tão pequeno que tem a capacidade de interagir com as células biológicas do nosso corpo.

O menor robô médico do mundo abre novas portas para a ciência

Falando sobre o projeto, Ruyan Guo disse: “Acreditamos que células cancerígenas podem ser especificamente direcionadas para um tratamento, eliminando a necessidade de quimioterapia”.

E, não apenas isso, os cientistas que criaram o menor robô médico do mundo também afirmam:

“As vítimas de Alzheimer também poderiam receber tratamentos especiais. Ainda há muito trabalho a ser feito, mas estamos muito felizes por esse reconhecimento e pelo futuro potencial.”

O projeto não é o final e ainda tem muito a ser desenvolvido, mas já é um passo extremamente importante para a medicina.

Os cientistas criaram o menor robô médico do mundo e isso é apenas o começo dessa nova linha de pesquisa!

 

Deixe seu comentário :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *