A física nos foguetes espaciais

por iw_azeheb 12 maio

Como algo tão pesado quanto um foguete consegue voar para fora da terra? Essa é um luta contra a gravidade. Entenda:

física-dos-foguetes

Para que um foguete seja lançado, ele precisa superar a força da gravidade agindo sobre ele. Para isso ele produz uma força para cima (empuxo) que “luta” contra a força que o está puxando para baixo (gravidade).

Para produzir a força de empuxo, os motores do foguete produzem gases de combustão, geralmente usando hidrogênio líquido como combustível e oxigênio líquido como o comburente, esses gases são expulsos pelos bocais do foguete, fazendo força contra a parede superior dos bocais. A relação entre as forças pode ser resumida pela terceira lei de Newton, em que toda ação causa uma reação de igual força e direção e sentido contrário, os gases são expelidos com tal força que esta supera a força peso do foguete, o impulsionando para cima. Podemos usar a seguinte equação para demonstrar:

E – P = m . a

Onde: ‘E’ é o empuxo, ‘P’ é o peso do foguete, ‘m’ é a sua massa total e ‘a’ é a aceleração do foguete.

A aceleração inicial necessária para impulsionar o foguete pode ser calculada pela equação: E = m . a. Para que o foguete consiga superar a gravidade a aceleração inicial precisa ser maior do que a aceleração gravitacional, que na superfície da terra é de 9,8 m/ s².

Quanto menor a massa do foguete, menor a força de empuxo necessária para lançá-lo. Por isso os estudos quanto ao material do foguete e, principalmente, tipo de combustíveis são tão importantes.

Deixe seu comentário :

Deixe uma resposta